Seja Bem vindo - Teresina, 19 de Novembro de 2018
Teresina
+24...+34° C
SEMDUH - CHORUME

Teresina é uma das capitais pioneiras no tratamento de chorume produzido em aterro

Após tratamento, chorume transforma-se em água de reuso

08/11/2018 - 09h48 Imprimir Envie por e-mail

Teresina é uma das capitais pioneiras no tratamento de chorume produzido em aterro

A Prefeitura de Teresina segue investindo na transformação do aterro controlado para aterro sanitário. Atualmente, o aterro recebe mensalmente 36 mil toneladas de materiais recolhidos na coleta domiciliar, capina e varrição do município, possuindo um sistema de controle, segurança e organização dos resíduos recebidos. Além disso, o poder municipal é uma das capitais pioneiras no tratamento de chorume, transformando-o em água de reuso.

 

O chorume nada mais é do que um líquido poluente e de forte odor, produzido naturalmente por meio de processos biológicos, químicos e físicos da decomposição de resíduos orgânicos. Em períodos chuvosos têm-se um pico de produção desse material, pela mistura com a água da chuva, e em períodos de maior calor há uma redução na produção de chorume.

 

Segundo o secretário executivo da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Vicente Moreira, no início do tratamento o chorume tem uma coloração preta, similar a cor de petróleo, e após ser processado o material tem uma coloração mais cristalina, similar a cor de cajuína, e sem cheiro característico. Ele não se torna uma água potável para consumo humano, mas pode ser utilizado em aguação e serviços de lavagens.

 

“Todo o chorume produzido no aterro é drenado para uma primeira lagoa, que é impermeabilizada, e onde é feito o tratamento físico, com a equalização do chorume. Depois, o material passa para uma segunda lagoa, onde é feito o tratamento químico, em que são adicionados componentes químicos para que haja a floculação e decantação do material particulado que tenha dentro do chorume. Depois disso, o líquido passa pelo tratamento biológico em um processo de filtragem na estação de tratamento. Por fim, carros-pipas retiram a água tratada da estação e as direcionam para que sejam utilizadas na irrigação de praças, parques e dentro do próprio aterro, molhando o solo e evitando o excesso de poeira no local”, explicou Vicente Moreira, afirmando que ensaios de laboratório devidamente certificados comprovam a eficiência do tratamento.




Tags: SEMDUH, aterro, chorume, tratamento


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

Últimas Notícias





PMT Multimídia

PMT no Twitter

Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLÍCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADÃO(86) 3131-4781
  • Mais Números Úteis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.