Seja Bem vindo - Teresina, 16 de Fevereiro de 2019
Teresina
+24...+34° C
FMS - TROCA DE EXPERIÊNCIAS

Saúde mental: fundação realiza I Fórum Entre Rede, Instituições e Articulação

RIA é um trabalho de articulação de rede em prol da pessoa com transtorno mental

20/11/2018 - 08h48 Imprimir Envie por e-mail

A Gerência de Saúde Mental da Fundação Municipal de Saúde (FMS) realiza nesta quarta-feira (21), de 8h às 17h, o I Fórum Entre RIAs (Rede, Instituições e Articulação). O evento será no auditório da Facid, zona leste. O objetivo é discutir o funcionamento das RIAs em Teresina.


“Temos a sul, a leste, a norte e a sudeste. Na oportunidade, trocaremos experiências entre as quatro RIAs e conversar um pouco sobre o que é essa rede. Terá a abertura, abordando um pouco sobre a importância da RIA, aí depois cada uma terá seu momento de troca de experiências e para abordar como está seu funcionamento. Pela tarde serão traçadas estratégias e serão feitas avaliações gerais para vermos como melhorar o trabalho”, informa Sayonara Lima, coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial infantil (CAPSi) e uma das idealizadoras do projeto RIA.
 

Ela explica ainda que a RIA é um trabalho de articulação de rede em prol da pessoa com transtorno mental, mas não só isso. “Também trabalhamos com promoção em saúde no território e ela foi criada para que pudéssemos fazer a sensibilização das demais instituições para que fizessem o acolhimento da pessoa com transtorno mental, com sofrimento psíquico. A RIA acontece da seguinte forma: uma vez por mês se reúnem para traçarem estratégias, planejamento das ações que vão realizar no território naquele mês, discutem casos que são em comum a todas as políticas”, diz.


Participam da RIA a Rede de Saúde Mental Municipal, a Atenção Básica em Saúde, os Serviços de Assistência Social como CRAS, Centros de Convivência, Centros de Educação, dentre outros. “Todos reunidos para discutirem casos que existem nos territórios para que sejam traçadas estratégias para cada caso”, enfatiza Sayonara Lima.


A política de saúde mental tem por prioridade tratar o usuário como cidadão que pertence ao seu território, e não apenas a um serviço especifico. Por isso, órgãos da saúde, da assistência social e outras áreas se uniram nas RIA (Rede, Instituições e Articulação) a fim de articular essas instituições em prol de um acompanhamento mais completo dos usuários.

 

“As RIAs foram pensadas com o propósito de reinserir no território a pessoa com transtorno mental, para que ela possa usar todos os dispositivos que esse território dispõe, não apenas os CAPS”, explica Sayonara Lima. “A gente faz articulações para sensibilizar estes atores, para que eles acolham as demandas das pessoas com transtorno mental, uma vez que elas têm necessidades e demandas outras, que não podem ser supridas pelos CAPS”, diz.

 

O projeto RIA se iniciou em 2015, na zona sul, e em 2016 se expandiu para as outras zonas. O resultado está sendo um maior diálogo entre as instituições participantes, com a promoção de eventos conjuntos e trocas de experiências.




Tags: ria, fms, saúde, mental, encontro, charles da silveira


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

Últimas Notícias





PMT Multimídia

PMT no Twitter

Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLÍCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADÃO(86) 3131-4781
  • Mais Números Úteis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.