Seja Bem vindo - Teresina, 20 de Fevereiro de 2019
Teresina
+24...+34° C
HUT - TRATAMENTO DE FERIDAS

Profissionais do HUT participam de palestra sobre tratamento de feridas

Recentemente o hospital montou o Grupo de Prevenção e Tratamento de Lesões (GPTL).

25/04/2016 - 10h09 Imprimir Envie por e-mail

Profissionais do HUT participam de palestra sobre tratamento de feridas

Para manter seus profissionais de saúde atualizados sobre as novas tendências do mercado para o tratamento de feridas o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) promoveu a palestra “Novas Tecnologias no Tratamento de Feridas Crônicas e Infectadas”. O evento aconteceu no auditório do HUT e teve como palestrante o enfermeiro e estomaterapeuta Paulo Dionísio.

 

Pacientes acamados com longo período de internação têm grande probabilidade de desenvolver feridas, caso as medidas necessárias para evitá-las não sejam tomadas. Segundo Paulo Dionísio é preciso que o profissional de saúde tenha conhecimento adequado para avaliar as feridas.

 

“Feridas crônicas e infectadas são de difícil cicatrização. Na maioria dos casos são complicações de diabetes ou acidentes. Esses pacientes demandam muito custo e necessitam de uma atenção multidisciplinar”, comenta o estomaterapeuta.

 

O destaque maior durante a palestra foi sobre as novas tecnologias utilizadas no tratamento dessas feridas.  A enfermeira Sarah Nilkece destacou algumas. “Temos coberturas para prevenção de lesão como biofilmes e hidrocoloides. Para o tratamento estamos utilizando espumas de poliuretano com prata, hidrofibras com alginato de cálcio e sódio, gazes em emulsão de petrolatum, carvão ativado, membranas regenerativas, acido graxo essencial e hidrogel com alginato”, explicou.

 

Recentemente o HUT montou o Grupo de Prevenção e Tratamento de Lesões (GPTL), que visa não só a prevenção, mas também o tratamento de todas as lesões de pele, como úlceras vasculogênicas, queimaduras, deiscências e pé diabético, entre outros.

 

Ainda de acordo com Sara, que é presidente do GPTL, uma das estratégias utilizadas durante o tratamento é a mudança de decúbito. É uma ação simples, porém bastante eficaz. “Orientamos a equipe de técnicos de enfermagem, os pacientes e seus acompanhantes para fazerem a mudança de decúbito a cada duas ou três horas. Além disso, explicamos que a pele precisa ser mantida hidratada e os lençóis esticados e sem dobras. São medidas simples, mas que podem evitar feridas. A educação em saúde é fundamental nesse processo”, completa.

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

 




Tags: HUT, profissionais, tratamento, feridas, decúbito, palestra


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

Últimas Notícias





PMT Multimídia

PMT no Twitter

Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLÍCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADÃO(86) 3131-4781
  • Mais Números Úteis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.