Seja Bem vindo - Teresina, 22 de Maro de 2019
Teresina
+24...+34° C
FMS - SADE

Prefeitura de Teresina ir entregar mais de 20 obras na rea da sade este ano

So no total 24 obras para modernizar a infraestrutura da rede de sade da capital

17/01/2019 - 14h50 Imprimir Envie por e-mail

Este ano, a Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Saúde (FMS), irá realizar 24 obras para modernizar a infraestrutura da rede de saúde da capital. Somente nesse primeiro trimestre, serão entregues quatro obras: a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Satélite, as novas sedes das Unidades Básicas de Saúde (UBS), localizadas nos bairros Parque Piauí e Memorare e, ainda, a readequação da central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).


 

Segundo Caroline Bastos, gerente do setor de Engenharia e Arquitetura da FMS, até o segundo trimestre de 2019, a previsão é de que seja finalizada também a nova sede do Laboratório Raul Bacelar, que contará com as mesmas tecnologias utilizadas pelos melhores centros de diagnóstico do país, e de que sejam entregues as novas sedes de três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), da zona Norte, Leste e Sudeste e, ainda, de três novas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Redonda, Teresina Sul e Chapadinha Sul.


 

De acordo com o presidente da FMS, Charles Silveira, a Prefeitura de Teresina tem investido muito em saúde. “Diante dessa quantidade de obras feitas pelo município, é preciso ressaltar que, historicamente, a Prefeitura transformou a capital em uma estrutura solidária e, na área da saúde, assumiu o encargo que era do Governo do Estado. A responsabilidade do Município é de fornecer apenas a Atenção Básica, mas, além das 90 UBS, temos 10 hospitais, três UPAS, quatro maternidades, Lineu Araújo, além do HUT e de outros inúmeros serviços especializados”, destaca.


 

“Repito, a Prefeitura tem desenvolvido um serviço relevante para a cidade, que sob o ponto de vista legal, não era da responsabilidade municipal. O preço é caro para os cofres municipais, mas queremos garantir que as pessoas sejam atendidas cada vez mais e melhor, inclusive, em estruturas modernas e com conforto. Queremos também que haja maior coparticipação do Governo Estadual e que eles invistam no fortalecimento da sua estrutura hospitalar, tanto aqui em Teresina, como no interior do Piauí”, argumenta Charles Silveira.


 

Ele ainda ressaltou a necessidade da reforma do Hospital do Dirceu, obra que agora depende de nova análise da Engenharia. “É uma estrutura antiga, que precisa urgentemente de reforma. Fizemos todo planejamento de redirecionamento dos serviços durante esse período, mas, por solicitação da comunidade, a ordem de serviço só irá ocorrer após deliberação da nova análise do caso pelas Engenharias da FMS e do Ministério Público, que deverá decidir se a obra será feita de maneira total ou parcial. Os resultados serão apresentados ao Conselho Municipal de Saúde e divulgados na imprensa”, disse.


 

Já a reforma do Hospital Dr. Ozéas Sampaio, localizado no bairro Matadouro, havia sido paralisada por falta de repasse de recurso do Ministério da Saúde e foi retomada esta semana. A previsão é de que seja concluída em novembro de 2019. Está prevista também para este ano a conclusão da obra de readequação da maternidade do Promorar. Há ainda 10 obras em fase final de licitação: As UBS do bairro Gurupi, Dagmar Mazza, Hugo Prado, Mama Mia, Soinho, Buenos Aires, Parque Poti, além da Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal da maternidade Prof. Wall Ferraz e da readequação da lavanderia e sala de esterelização do HUT.

 




Tags: obras, sade, 2019, fms


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

ltimas Notcias





PMT Multimídia

PMT no Twitter

Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADO(86) 3131-4781
  • Mais Nmeros teis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.