Seja Bem vindo - Teresina, 24 de Maro de 2019
Teresina
+24...+34° C
FMS - AEDES AEGYPTI

Dia D de combate ao Aedes aegypti sensibiliza populao do Parque Brasil

Evento acontece na UBS do bairro at o fim do dia

27/09/2018 - 11h43 Imprimir Envie por e-mail

Com o objetivo de sensibilizar a população para aderir às estratégias de combate ao mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya, a população do Parque Brasil participa hoje (27) do Dia D de Combate ao Aedes aegypti. O evento acontece na Unidade Básica de Saúde do bairro e segue até o fim da tarde.

 

A ação é uma parceria entre as diretorias de Vigilância em Saúde e Atenção Básica da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e surgiu da necessidade de alertar a população para os números do último Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti, que apontou o Parque Brasil como a região mais preocupante em infestação do mosquito. “Isso acontece porque, como tem muita falta de água na região, a população armazena água a nível de solo (em baldes, manilhas, caixa dágua) e esse material não é acondicionado de acordo como é para ser”, explica Júlia Santos, do Núcleo de Educação em Saúde da FMS.

 

Em vista da situação, os profissionais de saúde realizaram uma roda de conversa com os usuários da UBS para dar orientações relativas ao manejo das caixas d’água e também para os potenciais criadouros do mosquito. “A gente solicitou que, ao chegar em casa, as pessoas procurem possíveis criadouros do mosquito, que podem estar em garrafas pet, copos, latas, baldes no chão, etc, e que ela descarte a água que não vai ser utilizada. E se for uma água que vai ser consumida, que o depósito seja vedado”, orienta Júlia Santos.

 

Luísa Maria Gomes e Roberto Pereira são mãe e filho e moram juntos. Eles participaram da mobilização e dizem que aprenderam novos cuidados com os criadouros do mosquito, que pretendem pôr em prática o mais rápido possível. “Aprendemos muito com essas campanhas e aplicamos em casa, pois eu tomo muito cuidado”, comenta ele. “Tenho caixa e procuro manter tampada, além do quintal limpo. A dengue prejudica muito a gente e temos que nos prevenir”, diz a mãe.

 

A equipe também conversou com os agentes comunitários de saúde da área para que repassem estas informações e montou um estande educativo com distribuição de panfletos e hipoclorito de sódio, produto utilizado na higienização da água para consumo. “Vemos este evento também como uma forma de nos aproximarmos da comunidade. Pedimos que eles estejam sempre no posto, se informando e participando das reuniões”, comentou a coordenadora Monalisa Borges.

 

LIRAa

 

Teresina está em baixo risco de infestação pelo Aedes aegypti. Este foi o resultado do terceiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2018, que registrou um Índice de Infestação Predial (IIP) – a relação entre o número de imóveis positivos para o mosquito pelo total pesquisado – de 0,2% na nossa cidade.

 

A pesquisa foi feita entre os dias 06 e 10 de agosto em todos os bairros da capital, que foram divididos em grupos de 32 estratos. “Este resultado de 0,2% é fruto do trabalho de rotina dos agentes de endemias e bem como das ações de intensificação que são realizadas durante todo o ano, como a Faxina nos Bairros”, relata a gerente de Zoonoses da FMS, Oriana Bezerra. No último LIRAa, realizado em maio, este número foi de 0,7%.

 




Tags: FMS, dia, aedes, aegypti, parque, brasil


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

ltimas Notcias





PMT Multimídia

PMT no Twitter

Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADO(86) 3131-4781
  • Mais Nmeros teis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.