Seja Bem vindo - Teresina, 17 de Agosto de 2017
Teresina
+24...+34° C
SEMEC - MUSICOTERAPIA

Aula de música é utilizada como instrumento facilitador no processo de socialização

Profissionais da saúde e educação utilizam a música como uma forte aliada no tratamento de transtornos como o autismo

14/06/2017 - 14h08 Imprimir Envie por e-mail

Aula de música é utilizada como instrumento facilitador no processo de socialização

Créditos: ascom/SEMEC

Que a música tem um papel importante na vida das pessoas isso muitos sabem, o que muitos não sabem é que essa importância vem se tornando algo especial, e uma forte aliada da medicina. Através da musicoterapia, que é a ação de usar músicas em tratamentos de determinados casos e com certos pacientes, os profissionais da saúde e educação utilizam esta ferramenta como uma forte aliada no tratamento terapêutico. Um dos quadros em que mais se recomenda o uso da música como forma de terapia é o do paciente diagnosticado com autismo, indiferente do grau do transtorno.

 

 
Baseado nesse estudo, Antônio Francisco de Abreu Filho, pai do estudante Aniel Gustavo de Oliveira Abreu, de 8 anos, diagnosticado com autismo procurou a equipe da escola que seu filho está matriculado, Escola Municipal Jornalista João Emilio Falcão, para ministra aula de música para crianças da turma de seu filho.

 

 
Segundo Antônio Francisco, que é professor da Rede Estadual, a música é uma forma não verbal de se comunicar. “A música trabalhada da forma correta possui vários benefícios. Iniciei esse trabalho para ajudar na socialização do meu filho, que é autista, a se socializar com as crianças da turma, trabalhando a música como instrumento facilitador deste processo”, comenta. Antônio diz ainda que o trabalho está sendo bem aceito. “Os estudantes gostaram tanto que estou pretendendo montar um coral com essas crianças”.

 

 
Pollyana Candeira, professora da turma apoiou a ideia e está ajudando com as aulas de música. “É bastante gratificante ver que os alunos estão se socializando com maior facilidade. Isso está ajudando também no desempenho escolar de cada um”, comenta a professora.

 

 
As aulas de música na turma do 2º ano do Ensino Fundamental iniciaram no mês de maio e acontecem todas as terças-feiras, no turno da manhã, utilizando o violão e a voz das crianças.

 

 
Maria do Perpétuo Socorro Carvalho da Silva, diretora da Escola Municipal João Emílio Falcão conta que apoiou logo de inicio a iniciativa do pai. “É muito importante a parceria entre a escola e a família. Quando Antônio procurou a escola com a ideia das aulas de musica para a turma do filho, percebi a importância do trabalho do pai, além dele esta perto, ajudando e se envolvendo com as ações da escola, está contribuindo com aulas que estimulam o desenvolvimento de várias habilidades entre os estudantes”, comenta.

 

 
Para Myrna Valeria Silva Soares, psicóloga da Divisão de Educação Inclusiva da Secretaria Municipal de Educação (Semec), o mais importante nesse processo é a aproximação da família com as atividades da escola. “Ver o pai realizando atividades de socialização através de ações simples, como é o caso dele estar utilizando a música para aproximar o filho autista das demais crianças, está interagindo diretamente com as atividades que estão sendo realizadas na escola. É maravilhosa a iniciativa. Quando a família esta envolvida com a escola o aprendizado das crianças se desenvolvem com maior facilidade. Esse pai buscou associar o benefício da musicoterapia, com a socialização entre as crianças, além de oferecer oportunidades de auto-expressão e de vivências criativas, como experiências de comunicação e interação entre pares sem a necessidade do discurso verbal, oferecendo alternativas de expressão e comunicação de modo socialmente adequado”, explica à psicóloga.

 

 
Myrna conta ainda que a musica oferece oportunidades para que as pessoas com autismo possam assumir responsabilidades com os demais indivíduos. “A musica proporciona o aumento da comunicação verbal e não-verbal, possibilitando a aprendizagem de regras sociais para poder replicá-las em outros ambientes e contextos”, conclui.

 

 
Os benefícios da musicoterapia para o autismo incluem:

 
·        Facilitação da comunicação verbal e não verbal, o contato visual e tátil;
·         Diminuição dos movimentos estereotipados;
·         Facilitação da criatividade;
·         Promoção da satisfação emocional;
·         Contribuição para organização do pensamento;
·         Contribuição para o desenvolvimento social;
·         Ampliação da interação com o mundo;
·         Diminuição da hiperatividade;
·         Melhora da qualidade de vida do autista e de sua família.




Tags: semec, musicoterapia, socialização, terapia, autismo, benefícios


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

Últimas Notícias





PMT Multimídia

PMT no Twitter


Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLÍCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADÃO(86) 3131-4781
  • Mais Números Úteis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.