Seja Bem vindo - Teresina, 21 de Agosto de 2018
Teresina
+24...+34° C
SEMCASPI - TRABALHO INFANTIL

Audiência Pública debate casos de trabalho infantil em Teresina

Evento marcou também o lançamento do livro “Folheando o que a gente sente”

12/06/2018 - 16h27 Imprimir Envie por e-mail

Audiência Pública debate casos de trabalho infantil em Teresina

Créditos: Ascom/Semcaspi

Nesta terça-feira (12), aconteceu a Audiência Pública sobre o Trabalho Infantil, evento realizado pelas Ações Estratégicas do Programa de Enfrentamento do Trabalho Infantil (AEPETI). No auditório da Ação Social Arquidiocesana (ASA), e lembrando o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, cerca de 100 pessoas discutiram sobre as causas e efeitos do trabalho forçado para crianças e adolescentes.


De acordo com dados divulgados pelo AEPETI, entre os meses de janeiro e abril de 2018 foram encaminhadas cerca de 30 denúncias de exploração do trabalho infantil aos conselhos tutelares da capital. “Para nós fica o alerta sobre os malefícios que o trabalho infantil causa na vida das crianças e adolescentes, naqueles que são o futuro do nosso país. Precisamos cuidar deles, protegê-los, para que não haja prejuízos para as vidas deles no futuro. A mensagem que ficou para todos nós é a de esperança em um futuro melhor”, afirmou Franciana Beleense, coordenadora das Ações Estratégicas do Programa de Enfrentamento do Trabalho Infantil (AEPETI).


Na ocasião, houve o lançamento do livro “Folheando o que a gente sente”, escrito por crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) de Teresina. As obras foram entregues ao público pelos bonecos Petynho e Bento, que animaram a plateia. O livro é resultado da coletânea do segundo concurso de redação do AEPETI de 2017, que teve como tema “Como sonho viver meu futuro?”. Nele, cerca de 160 escritores, de 10 a 14 anos, compuseram redações e desenhos, com soluções para o fim do trabalho infantil.


A solenidade contou com a apresentação cultural da Banda Novos Meninos, com músicas autorais que ressaltam os direitos das crianças e adolescentes, além de exaltar a importância do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para a garantia de direitos. Foi realizado também o lançamento do vídeo oficial da Campanha de 2018, com o tema “Eu apoio crianças e adolescentes livres do trabalho infantil”; apresentação do mapeamento do trabalho infantil em Teresina; além da assinatura de um termo de compromisso de apoio à causa pelas instituições presentes.


Denuncie!

 

A população pode denunciar ao Poder Público os casos de exploração do trabalho infantil através do número 153. O AEPETI é vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).


Ao identificar crianças e adolescentes em situação de trabalho infanto-juvenil, o caso é encaminhado aos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializado da Assistência Social (Creas). Após o encaminhamento, a criança ou adolescente passa a ser acompanhado pelos centros, onde são articuladas ações intersetoriais para a garantia de seus direitos.




Tags: audiência pública, trabalho infantil, semcaspi


Compartilhe está postagem:

  • twitter
  • google plus
  • facebook
  • facebook compartilhar

Últimas Notícias





PMT Multimídia

PMT no Twitter


Prefeitura Municipal de Teresina - PI

Contato

Contatos Úteis

  • BOMBEIROS193
  • CORREIOS(86) 3301-3500
  • DELEGACIA DA MULHER(86) 3222-2323
  • POLÍCIA CIVIL(86) 3216-5212
  • RONDA CIDADÃO(86) 3131-4781
  • Mais Números Úteis

© 2013 PMT, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por PRODATER.